Era uma vez – Produtinhos acabados (Outubro 2015)

Eu amo cosméticos, isso é fato. Mas nem sempre é fácil encontrar produtos que se adaptem bem ao meu tipo de pele e cabelo. Isso porque meu cabelo é meio birrento e não é de todo produto que compro que ele gosta. Quanto a minha pele do rosto ela está uma coisa, me dá muito trabalho porque inventou de ser oleosa e de produzir cravos em larga escala. Já minha pele do corpo é do tipo normal, mas eu sou fresca e tenho minhas preferências pra cuidar dela também.

Mas, apesar de ser difícil às vezes encontro produtos que eu amo e que uso até o final feliz da vida. E há outros que eu não amo tanto assim, mas se também não odeio uso até o final, porque afinal já paguei por eles, né?

E hoje vim mostrar pra vocês alguns produtinhos que usei até acabarem.PRODUTINHOS ACABADOS 26OUT2015

1 – Esfoliante corporal Natura Todo Dia Jasmin: Amo esfoliantes corporais e gostei deste porque ele é bem potente. É daqueles que tem bastante partículas esfoliantes. Também gostei do fato de ter algum tipo de óleo que deixa a pele mais macia após o uso. Ele tem um cheirinho floral agradável. A única coisa ruim é que ele não desliza de uma forma gostosa na pele, é mais “marrentinho” na hora de usar.

2 – Desodorante hidratante de banho com enxágüe Natura Todo Dia Amora e Amêndoas: Ah, como eu amo os hidratantes de banho! Eles mudaram minha vida por dois motivos: Tenho preguiça dos hidratantes normais e acho muito difícil achar hidratantes comuns que não me façam sentir toda melequenta. Mas, com os hidratantes de banho estes problemas acabaram e isso me deixa muito feliz. Hoje em dia eu intercalo os hidratantes comuns (que acho que hidratam mais) com os de banho. Este em específico tem um cheirinho maravilhoso, bem docinho.

3 – Shampoo Pantene Brilho Extremo: Gostei deste shampoo porque limpa bem e deixa os cabelos soltinhos sem ressecar.  Já estou no segundo vidrinho, mas pretendo testar outros quando acabar, porque acho que meu cabelo meio que já se acostumou com ele. Paguei algo em torno de R$ 7,00 em 200 ml.

4 – Protetor solar facial Bioré Aqua Rich Watery Essence SPF 50+ PA++++: O melhor protetor solar facial que já usei! Olha só, antes do Bioré eu usava protetor, mas usava com nojinho sem vontade, porque deixavam minha pele muito oleosa e brilhante. Ou então esfarelavam na hora de passar. Mas hoje minha vida mudou, porque com este protetor parece que eu não passei nada no rosto. Te amo Bioré Aqua Rich! Já comprei outro pra substituir este (desta vez comprei o Bioré Aqua Rich Watery Gel). Paguei algo em torno de R$ 36,00 no E-bay.

5 – Sabonete líquido esfoliante Natura Ekos Maracujá: Gosto deste produto, mas considero ele somente como um sabonete líquido. Isso porque como esfoliante é muito muito leve pra mim. Mesmo assim gosto de usá-lo porque rende bastante e tem um cheiro maravilhoso de maracujá.

6 – Loção hidratante Jequiti Águas Banho de Lavanda: O que gosto neste hidratante é que ele não é muito pesado, ele é do tipo mais leve e fluido. Este vidrinho pequeno (60 ml) eu usei principalmente nas mãos pela praticidade. Deixava na mesa do trabalho pra usar durante o dia. O que eu não gosto nele é o cheiro, parece algo floral misturado com álcool, é muito forte pra mim, prefiro cheiros mais delicados.

7 – Protetor labial Nívea Puro e Natural Mel e Leite: Gente, eu não sei ficar sem hidratante labial porque meus lábios são muito, mas muito ressecados. Este da Nívea é gostosinho e tem um cheirinho bem agradável de mel. Paguei algo em torno de R$ 12,00.

8 – Cápsulas de brilho e maciez para cabelo Avon Advance Techniques: Gosto muito de ter este produto em casa pra usar em ocasiões especiais. Você estoura a cápsula e sai dela um óleo bem leve e com um cheiro muito mara. O resultado são cabelos mais macios ao toque, com mais brilho, mais ajeitados e muitíssimo cheirosos. Amo! Ah, pra mim, uma única cápsula dá pra usar duas ou três vezes.

Estes são os produtos que usei até o fim recentemente. E vocês, que produtos sempre usam até o final? Me contem nos comentários, tá?

Ná Blézins

Anúncios

Resenha: Esfoliante Facial Clearskin Pore Penetrating Avon

Eu não sei como está a pele do rosto de vocês, mas a minha tá difícil, viu? Eu venho tendo muitos cravos e poros dilatados, além de que a minha pele tá oleosa e não está suave ao toque, sabe como é?

SAM_2772

Mas, eu tenho tentado melhorar a situação e uma das coisas que faço sempre é esfoliar a pele do rosto. Isso porque a esfoliação faz uma limpeza mais profunda nos poros e ajuda a remover o acúmulo de sujeira, auxiliando na prevenção dos terríveis cravinhos. E se tem um produtinho que eu amo pra fazer este trabalho é o Clearskin Pore Penetrating da Avon. Você já conhece?

O Produto: É um creminho bem denso, cor verde claro, cheio de pequeninas partículas esfoliantes, com um cheirinho cítrico e refrescante. Vem numa embalagem simples, branquinha, do tipo bisnaguinha.


SAM_2716A utilização:
Ele não é um sabonete, é só esfoliante mesmo, então você precisa lavar o rosto antes de usar. Aí é só aplicar sobre a pele úmida fazendo movimentos circulares em todo o rosto. Depois é só retirar com água. A recomendação é usar de uma a duas vezes por semana.

A minha opinião: Amo!!! Simples assim.SAM_2718

Ele tem muitas particulas esfoliantes, bem pequenininhas, que fazem um ótimo trabalho. E a sensação de frescor é demais, muito boa mesmo, parece que você está passando creme dental na cara, haha, eu particularmente gosto muito da sensação que ele provoca na pele. Sabe que da primeira vez que eu usei até achei que tava acontecendo algo de errado, pensei: este creme está me dando uma reação alérgica, devo estar com a pele borbulhando! Mas que nada! Ele é assim mesmo.  Deixa uma pele fresquinha e macia após o uso. Recomendo muito, a não ser que você tenha uma pele muito sensível, aí acho melhor usar com moderação das primeiras vezes.

O preço e onde comprar: Paguei uns R$ 7,00 numa promoção, no catálogo da Avon.

Por hora é isso meninas, se testarem ou se também já usam e amam me contem, tá?

Ná Blézins

Resenha: Mola depilatória para os pêlos do buço

Se tem algo que irrita a gente é pêlo no buço, não é mesmo?

Eu me sinto outra mulher quando depilo esta área, é sério gente, pêlo no buço me chateia muito.

Nos últimos tempos estava utilizando a boa e velha cera quente pra depilar esta região, que cumpre bem o seu papel, mas pra fazer em casa faz um pouquinho de meleca e ainda há a preocupação com a flacidez a longo prazo (que eu não sei se acontece de fato, mas tem coisa que prefiro evitar).

Mas, ainda bem que agora eu achei uma amiga que tem me ajudado muito neste assunto: A Mola Depilatória!

Já conhece ela? Não? Então vem ver!

SAM_2761

O produto: Ela é uma molinha metálica com hastes de plástico nas extremidades. Indicada somente para remover pêlos faciais.

Como usar: Você deve dobrá-la formando um U invertido, encostar a parte superior metálica no buço e girar as hastes para fora. Este movimento deve ser repetido em todo o buço e os pelinhos vão sendo arrancados pela raiz.SAM_2762

O preço e onde comprar: A minha eu comprei pelo catálogo da Avon, aquele com coisas para a casa, não o de cosméticos. Mas dizem que em lojas de 1,99 ou de cosméticos também vende, mas aqui na minha cidade (que é do tamanho de um ovo) eu não achei, então recorri ao catálogo mesmo. Paguei uns R$ 10,00 pela minha e achei que valeu demais.

O que eu achei dela: Sei que já tem gente se perguntando se dói e a resposta é: dói sim. Bastante? Bastante! Mais que cera? Mais que cera! Mas gente, acho que vale muito a pena, porque ela não faz bagunça nenhuma, é prática e rápida de usar, remove bem os pêlos, custa pouco e dá pra usar sei lá quantas vezes! Então eu indico muito, a não ser que você seja extremamente sensível a dor.

Já indiquei ela pra uma amiga que comprou e também super aprovou.

Fica a dica!

E vocês, que método usam pra esta região? Se testarem a molinha me contem, tá?

Ná Blézins

Dicas para sobreviver a uma mudança de casa

Desde que eu me casei moro de aluguel. Nestes seis anos já mudei de casa cinco vezes e cá entre nós, mudança é uma coisa chata, não é?

Acontece que a cada mudança nova a gente ganha experiência e não que a coisa deixe de ser difícil, mas fica menos pior.

dstyllinteriores.com.br
Imagem: http://www.dstyllinteriores.com.br

Então, vamos às dicas para facilitar esta tarefa?

1 – Identifique sacos e caixas.

Pra mim esta é a dica mais importante de todas. Cansei de sofrer, abrindo desesperadamente caixa atrás de caixa procurando coisas na casa nova. Hoje eu coloco etiquetas nas caixas e escrevo nelas, resumidamente, o que tem dentro.

Importante: Coloque as etiquetas nas laterais das caixas, pois, se você colocar em cima não verá as etiquetas quando as caixas estiverem empilhadas.

2 – Deixe as caixas de papelão para as coisas que quebram e coloque suas roupas em sacos.

Gente, olha só, não é lá muito fácil conseguir caixas de papelão. Geralmente, quando estamos para mudar, o marido e eu ficamos de olho em locais comerciais e pegamos as caixas que os comerciantes colocam para jogar, mas, por mais caixas que juntemos, elas não são suficientes pra guardar tudo o que temos. Então, aprendemos a não “gastá-las” com as roupas. Para as roupas usamos sacos ou sacolas e, olha só, na verdade é bem mais fácil transportá-las assim.

Importante: Use sacos e sacolas resistentes, senão eles rasgam, aí vai ser roupa pra todo lado. Você pode ir a uma casa de embalagens e comprar sacolas grandes, daquelas que são vendidas para lojistas. Coloque etiquetas identificando as sacolas também, tá?

3 – Quando chegar na casa nova, descarregue os móveis nos cômodos certos.

Isso evita arrasta-arrasta na hora de organizar e facilita muito o trabalho. Se possível já descarregue as caixas e sacos nos cômodos certos também.

4 – Não desmonte móveis pequenos e leves.

Gente, tem coisa que dá mais trabalho pra desmontar e montar do que pra levar inteiro. Apenas retire destes móveis as gavetas e partes não fixas.

5 – Tudo aquilo que você não usa com freqüência encaixote o quanto antes.

Não deixe pra arrumar as coisas em cima da hora, pois, quando você começa a encaixotar parece que as suas coisas se multiplicam e que não acabam nunca. Você pode colocar os itens nas caixas e não lacrá-las até a data da mudança estar mais próxima, assim se você precisar de algo é só pegar.

6 – Desmonte as caixas e guarde-as para uma próxima mudança.

A não ser que você esteja se mudando para sua casa própria, você pode precisar das caixas em não muito tempo, então, guarde-as.

7 – Guardar roupas “encabidadas” facilita a organização.

As roupas que ficam nos cabides podem ser juntadas em pequenos lotes (umas cinco a dez peças, dependendo da espessura delas) e enroladas em torno dos cabides, assim é só desenrolar e guardar após a mudança.

SAM_2764SAM_2765 SAM_2766SAM_2768

8 – Deixe separados os itens de primeira necessidade, aqueles que você não fica sem, e leve junto com você.

Por exemplo: escova de dentes, sabonete, papel higiênico, shampoo…

9 – Muita atenção aos itens que você vai precisar logo que chegar na casa nova.

Você precisa saber onde guardou certos itens como os parafusos e ferramentas que serão utilizados pra montar os móveis, senão ficará feito uma barata tonta procurando e perderá mais tempo pra achar estas coisas que pra montar os móveis em si. Lembre-se da tesoura pra abrir as caixas, das lâmpadas, do chuveiro…

Você também pode (e deve!) separar uma caixa com os itens mais usados de cada categoria e levá-las separadas das outras. Exemplo: uma caixa com os utensílios de cozinha mais usados, outra com alimentos de preparo rápido, outra com algumas peças de roupas práticas…

10 – Proteja itens quebráveis.

Costumo usar os guardanapos e toalhas pra colocar nas caixas, entre as coisas que quebram. Antes usava jornal, mas os guardanapos são mais práticos e terão que ser guardados de qualquer maneira, então, porque não aproveitar e dar utilidade a eles na mudança?

Bom, estas dicas tem me ajudado muito. Mudar de casa continua sendo uma tarefa bem desgastante pra mim, mas já foi infinitamente pior. E se você está se perguntando como eu aprendi estas dicas, eu respondo: foi sofrendo. Eu apanhei muito pra aprender, ficava enlouquecida procurando coisas quando me mudava, então, como gosto de tudo que facilita a vida, fui aprendendo com os erros e “bolando” maneiras de me organizar mais nas mudanças. Espero que alguma dica sirva pra você quando precisar se mudar.

Ná Blézins

Resenha: Black Head Pilaten – A máscara facial que promete remover cravos

Eu não sei vocês, mas eu sou inimiga declarada dos cravos. E mesmo assim eles insistem em fazer morada no meu rosto!

Então imaginem, quando eu fiquei sabendo que haviam inventado uma máscarazinha que retirava todos os cravos eu fiquei doida!

Será que funciona? Vem ver como foi a minha experiência.

SAM_2773SAM_2774

O Produto: É uma gosma preta, sem cheiro. Vem num sachê pretinho, com escritos em chinês (ou japonês, ou coreano, a verdade é que eu não sei a diferença, haha!). O meu comprei no mercado livre, paguei cerca de R$ 28,00 (incluindo o frete) por 5 sachês com 6 gramas.

A utilização (procurei na net, porque não sei ler o idioma utilizado na embalagem): Deve ser aplicado no rosto com os dedos, nas áreas com maior incidência de cravos, deixando secar completamente na pele, o que demora uns 30 minutos. Depois de seco deve ser puxado lentamente, começando pelas extremidades. É bom avisar que dói pra retirar, porque ela adere bem à pele, chega a retirar os pelinhos da face. Se sobrar vestígios de máscara é só retirar com água.

SAM_2550
Ignore minha cara de maluca

O resultado: Veja bem, no meu caso não deu certo, pois, os meus cravos são bem fechadinhos e difíceis de remover. Até sai um ou outro, mas a grande maioria continua lá. E eu tentei usar de várias maneiras: Após o banho e após colocar o rosto próximo a uma bacia com água quente (porque o vapor abre os poros). Também tentei fazer uma esfoliação antes, para facilitar a remoção. Mas nada! Também usei no marido, que tem cravos bem mais abertos e moles que os meus, e também não deu certo. Acho que os meus são fechados demais e os dele abertos demais pra esta máscara. Isso pra mim é uma pena, porque eu queria muito que funcionasse.

Fazer o que, né? Vou continuar procurando algo que dê jeito nos meus cravos.

SAM_2567

Na foto acima as pintinhas brancas não são cravos, são bolhinhas com transparência e pelinhos faciais.

E você já experimentou algum produto que realmente retirasse os cravos? Conta pra gente! Quero muito saber.

Obs: Desculpem pelas fotos assustadoras.

Ná Blézins

Como fazer sabonete esfoliante corporal caseiro

Gente, a crise chegou aqui em casa. Chegou na de vocês também? E quando a crise chega o negócio fica difícil, né? Mas, como eu gosto de ver o copo meio cheio, haha, eu vejo um lado positivo para a crise: Ela ajuda a despertar a nossa criatividade, não é mesmo?

No meu caso, mais especificamente, o esfoliante corporal acabou, a grana tava curta e eu não sei ficar sem esfoliar a pele. Aí eu lembrei que dizem por aí que o fubá quebra um galho como esfoliante nas horas extras, haha, e bolei uma mistura que chamo de Gororoba Esfoliante. Quer aprender? Então olha só:

Ingredientes:SAM_2492

– 2 colheres de sopa de fubá;

– 1 colher de sopa de óleo de coco;

– 5 colheres de sopa de sabonete líquido corporal.

Preparo: Misturar todos os ingredientes.

SAM_2499SAM_2503

Utilizar no banho. Passar na pele do corpo úmida com movimentos circulares e enxaguar.

Observações: 

– Você pode adaptar as quantidades de acordo com suas necessidades. Eu deixei a minha gororoba bem grossinha porque gosto de esfoliantes potentes para o corpo.

– Se o óleo de coco estiver solidificado aqueça-o antes de utilizar.

– Você pode trocar o óleo de coco por outro óleo vegetal puro ou por um óleo corporal. Veja bem, se você for usar outro óleo (que não seja o de coco) aconselho adequar as proporções. Eu uso 1 colher de óleo de coco porque ele é bem leve, se eu fosse usar azeite, por exemplo, provavelmente colocaria uma quantidade menor, pra não ficar toda melecada após o uso.

– Faça somente o necessário para usar uma única vez, não aconselho guardar para usar depois devido ao uso do fubá, que pode não conservar suas propriedades.

– Já fiz esta receitinha com açúcar, mas prefiro o fubá, porque o açúcar vai derretendo enquanto você usa.

Resultados:

Gente, não é porque fui eu que fiz (ou é), mas eu amei esta receitinha! Ela deixa a pele muito macia após o uso e, se você quer saber, é melhor que certos esfoliantes comprados. Sem contar que ela é muito prática, porque ao mesmo tempo limpa, esfolia e trata a pele. Recomendo muito que você experimente quando estiver sem esfoliantes corporais, ou, se você tem, mas ficou curiosa.

Se experimentar conte nos comentários o que você achou, tá?

Ná Blézins

A saga dos cabelos longos – Como tudo começou

Olá!!! Seja bem vinda ao primeiro post do blog!

Nem preciso dizer que estou muito feliz em iniciar esta nova aventura, né? Já faz um tempinho que este blog vive na minha mente e faz uns dias que ele começou a ganhar cara. Hoje é com muita alegria que escrevo sobre um dos principais motivos deste blog ter nascido: Eu quero ter um cabelo enooorme!

Tudo começou numa noite em Agosto de 2014. Estava eu em minha casa, vendo TV, quando começo a assistir um programa falando sobre a doação de cabelo. Hein? Como assim? Nunca tinha visto falar disso minha gente!

SAM_2620

O programa estava recebendo uma representante da ONG Cabelegria, que trabalha fazendo perucas para crianças que estão em tratamento contra o câncer. E para fazer as perucas eles precisam de… doações de cabelos! (Entre outras coisas, claro). Ah, não deu outra: fiquei endoidecida! Gente, eu também quero doar, quero ser útil uma vez na vida!

Só que a pessoa aqui é meio exagerada e eu não queria só doar, queria (e quero) doar um pedação de cabelo! Se é pra doar quero doar bastante! Foi assim que começou a minha saga: A Saga dos Cabelos Longos!

Então, em Setembro de 2014, fiz um último corte de cabelo e dei início a minha jornada “cabelística”!

Acontece que após alguns meses do início da saga a coisa ficou zicada complicada. Meu cabelo ficou triste (haha), sabe quando o cabelo fica opaco, sem graça e parece que ta pedindo socorro? O meu tava assim. Foi aí que adentrei o Mundo dos Blogs atrás de dicas salvadoras de cabelos. Porque eu já não queria mais só cabelos longos, eu queria (e quero) cabelos longos, saudáveis e bonitos. Será que é querer demais?

Então… por hoje é isso. Vocês já sabem porque comecei este blog. Sinta-se convidada a vir aqui sempre, pra continuarmos a falar sobre esta e outras sagas, sejam capilares ou não, sejam minhas ou suas ou nossas!

Nos próximos posts falaremos sobre como está o meu cabelo atualmente, ok?

Ná Blézins