Dicas para sobreviver a uma mudança de casa

Desde que eu me casei moro de aluguel. Nestes seis anos já mudei de casa cinco vezes e cá entre nós, mudança é uma coisa chata, não é?

Acontece que a cada mudança nova a gente ganha experiência e não que a coisa deixe de ser difícil, mas fica menos pior.

dstyllinteriores.com.br
Imagem: http://www.dstyllinteriores.com.br

Então, vamos às dicas para facilitar esta tarefa?

1 – Identifique sacos e caixas.

Pra mim esta é a dica mais importante de todas. Cansei de sofrer, abrindo desesperadamente caixa atrás de caixa procurando coisas na casa nova. Hoje eu coloco etiquetas nas caixas e escrevo nelas, resumidamente, o que tem dentro.

Importante: Coloque as etiquetas nas laterais das caixas, pois, se você colocar em cima não verá as etiquetas quando as caixas estiverem empilhadas.

2 – Deixe as caixas de papelão para as coisas que quebram e coloque suas roupas em sacos.

Gente, olha só, não é lá muito fácil conseguir caixas de papelão. Geralmente, quando estamos para mudar, o marido e eu ficamos de olho em locais comerciais e pegamos as caixas que os comerciantes colocam para jogar, mas, por mais caixas que juntemos, elas não são suficientes pra guardar tudo o que temos. Então, aprendemos a não “gastá-las” com as roupas. Para as roupas usamos sacos ou sacolas e, olha só, na verdade é bem mais fácil transportá-las assim.

Importante: Use sacos e sacolas resistentes, senão eles rasgam, aí vai ser roupa pra todo lado. Você pode ir a uma casa de embalagens e comprar sacolas grandes, daquelas que são vendidas para lojistas. Coloque etiquetas identificando as sacolas também, tá?

3 – Quando chegar na casa nova, descarregue os móveis nos cômodos certos.

Isso evita arrasta-arrasta na hora de organizar e facilita muito o trabalho. Se possível já descarregue as caixas e sacos nos cômodos certos também.

4 – Não desmonte móveis pequenos e leves.

Gente, tem coisa que dá mais trabalho pra desmontar e montar do que pra levar inteiro. Apenas retire destes móveis as gavetas e partes não fixas.

5 – Tudo aquilo que você não usa com freqüência encaixote o quanto antes.

Não deixe pra arrumar as coisas em cima da hora, pois, quando você começa a encaixotar parece que as suas coisas se multiplicam e que não acabam nunca. Você pode colocar os itens nas caixas e não lacrá-las até a data da mudança estar mais próxima, assim se você precisar de algo é só pegar.

6 – Desmonte as caixas e guarde-as para uma próxima mudança.

A não ser que você esteja se mudando para sua casa própria, você pode precisar das caixas em não muito tempo, então, guarde-as.

7 – Guardar roupas “encabidadas” facilita a organização.

As roupas que ficam nos cabides podem ser juntadas em pequenos lotes (umas cinco a dez peças, dependendo da espessura delas) e enroladas em torno dos cabides, assim é só desenrolar e guardar após a mudança.

SAM_2764SAM_2765 SAM_2766SAM_2768

8 – Deixe separados os itens de primeira necessidade, aqueles que você não fica sem, e leve junto com você.

Por exemplo: escova de dentes, sabonete, papel higiênico, shampoo…

9 – Muita atenção aos itens que você vai precisar logo que chegar na casa nova.

Você precisa saber onde guardou certos itens como os parafusos e ferramentas que serão utilizados pra montar os móveis, senão ficará feito uma barata tonta procurando e perderá mais tempo pra achar estas coisas que pra montar os móveis em si. Lembre-se da tesoura pra abrir as caixas, das lâmpadas, do chuveiro…

Você também pode (e deve!) separar uma caixa com os itens mais usados de cada categoria e levá-las separadas das outras. Exemplo: uma caixa com os utensílios de cozinha mais usados, outra com alimentos de preparo rápido, outra com algumas peças de roupas práticas…

10 – Proteja itens quebráveis.

Costumo usar os guardanapos e toalhas pra colocar nas caixas, entre as coisas que quebram. Antes usava jornal, mas os guardanapos são mais práticos e terão que ser guardados de qualquer maneira, então, porque não aproveitar e dar utilidade a eles na mudança?

Bom, estas dicas tem me ajudado muito. Mudar de casa continua sendo uma tarefa bem desgastante pra mim, mas já foi infinitamente pior. E se você está se perguntando como eu aprendi estas dicas, eu respondo: foi sofrendo. Eu apanhei muito pra aprender, ficava enlouquecida procurando coisas quando me mudava, então, como gosto de tudo que facilita a vida, fui aprendendo com os erros e “bolando” maneiras de me organizar mais nas mudanças. Espero que alguma dica sirva pra você quando precisar se mudar.

Ná Blézins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s