Cuidados que tenho com meu cabelo: Parte 2 – Tratamentos (Máscaras)

Amo usar máscaras capilares, adoro sentir as texturas e os cheiros dos produtos, este momento é pra mim como um relaxamento, sem contar que fico naquela expectativa pra ver qual será o resultado do produto no meu cabelo. Costumo usar máscaras cerca de duas vezes por semana. Intercalando entre as de hidratação (minhas preferidas), as de nutrição e as de reconstrução.

mulher.uol.com.br
Imagem: mulher.uol.com.br

As de reconstrução uso só de vez enquando, algo em torno de uma vez ao mês. Isso porque o meu cabelo não tem químicas, então, ele não precisa de reconstruções muito frequentes. E, geralmente, este tipo de máscara contém queratina, que pode enrijecer os fios se usada em excesso (isso já aconteceu comigo!).

Como eu uso: Tento sempre seguir as recomendações das embalagens, mas no geral faço assim: Após ter lavado os fios (somente com shampoo) retiro o excesso de água com uma toalha ou aplico só um pouquinho da máscara nos fios e dou umas apertadinhas neles. Acho importante retirar o excesso de água para evitar que o produto fique muito diluído e faça menos efeito. Então, divido o cabelo em quatro mechas e aplico a máscara em cada uma delas, no comprimento e nas pontas somente, massageando muito bem no sentido do crescimento. No meu cabelo, cerca de três colheres de chá cheias de máscara são suficientes. Após ter massageado bem cada mecha, junto todas elas e massageio mais um pouco, cuidando bem pra que as pontinhas estejam bem “mascaradas”, já que são elas que mais sofrem com o ressecamento. Pentear os fios com um pente de dentes largos dá uma mãozinha neste processo de “espalhamento” do produto. Então, faço um coque baixo (prendo com uma piranha ou palito) e deixo agir pelo tempo determinado na embalagem. Às vezes, principalmente quando a pausa é mais demorada, uso uma touca ou sacolinha pra dar uma abafada. Passado o tempo de espera, enxáguo muito bem pra retirar o produto.

Algumas máscaras tem ph baixo (algo em torno de 4, ou menos que isto) e neste caso não há necessidade de usar condicionador após retirá-las, porque elas mesmas já fecham as cutículas do cabelo. Outras, no entanto, não fecham as cutículas, pois seu ph é mais alto, e neste caso devemos usar o condicionador após retirá-las, para que ele faça este serviço. Na dúvida, quando a embalagem não especifica o ph, eu testo a máscara sem o condicionador e observo o resultado nos fios pra ver como ela se comporta. Dá um pouco de medo de fazer no “achismo”, né? Mas fazer o quê? Se não escrevem pra gente o que precisamos saber, a gente se vira como pode, ué!?! Agora, se você for mais cuidadosa e paciente do que eu, você pode ligar para o serviço de atendimento ao consumidor da marca e perguntar qual é o ph do produto.

Obs: Costumo usar uma colherzinha de plástico limpa para retirar o produto do potinho, para evitar contaminações.

Então, é assim que eu faço pra aplicar as máscaras de tratamento nos meus fios. E vocês, fazem assim também ou fazem diferente? Se tiverem algum segredinho me contem, tá?

Nos próximos posts continuaremos a falar de cabelos. Não percam!

Ná Blezins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s